Corno com classe

Toca a campainha e ao abrir a porta dá de cara com um homem que lhe pergunta:

- A senhora tem vagina?

Assustada e indignada ela bate-lhe a porta na cara.

Na manhã seguinte, toca a campainha, é o mesmo homem que lhe faz a mesma pergunta.

Ela furiosa bate-lhe a porta na cara novamente.

No terceiro dia repete-se a mesma cena.

Quando o marido volta do trabalho à noite, ela enfim lhe conta o acontecido.

Indignado ele combina com ela:

- Amor, amanhã não vou trabalhar, se esse FDP aparecer, me escondo, você atende e eu então apareço e lhe meto a mão a cara.

Na manhã seguinte, toca a campainha, porém o marido antes de se esconder diz para a mulher:

- Se for ele, quando lhe perguntar se você tem vagina, diga-lhe que sim e o porque da pergunta.

Ela atende, e o homem está lá de novo com a mesma pergunta:

- A senhora tem vagina?

Ela responde:

- Tenho, por que seu FDP?

Ah, ótimo! Então me faça a gentileza de pedir ao seu marido que pare de usar a da minha mulher e passe a usar a sua.

Muito obrigado pela sua atenção! Até logo...

 

Não basta ser corno... tem que ter classe!

E então ele foi pra casa ouvir essa música

 

Música: Alípio Martins

 

Veja também:

Celular entrega traição

Marido chega mais cedo do trabalho e descobre que é corno

Marido morrendo confessa traição a esposa

A cama é baixa

Disfarça que meu marido chegou

Meu marido chegou! E agora?

Traição

Poema do corno

 

> Ver mais Humor

> Ver mais em Homem

> Ver mais em Casamento

 

Flag Counter