O que é homilia?

 

Homilia, etimologicamente falando, significa conversa familiar, discurso claro e adaptado à compreensão de todos os presentes. A homilia é uma explicação familiar da Escritura, com referência à vida de hoje.

Quanto ao conteúdo, segundo uma longa tradição que vem dos primeiros séculos da Igreja, a homilia deve expor "os mistérios da fé e as normas da vida Cristã a partir do texto sagrado" (Sc 52). A homilia é "proclamação do mistério de Cristo, que sempre está presente e ativo em nós" (Sc 35). Para esta proclamação, não basta a leitura bíblica; é preciso a palavra falada que explica, explicita, aprofunda, aplica ...

A função da homilia é atualizar (tornar presente, viva, atual) a palavra de Deus. As condições para isso se resumem numa dupla fidelidade:

- à Palavra de Deus escrita, especialmente ao texto bíblico que foi lido na liturgia do dia;
- à situação dos ouvintes, ao "hoje" em que a Palavra de Deus deve ressoar e ser vivida.
Na Missa, a homilia é obrigatória aos domingos e festas de preceitos, e recomendada nos outros dias.

 

Fonte auxiliadora:

Constituição Sacrosanctum Concilium

_____________________________________

 

Qual o significado dos 153 peixes grandes no evangelho de João 21,11?

 

Gostei desta pergunta. Creio que vai ajudar a extirpar a dúvida de muitas outras pessoas.

Amigo leitor, sabemos que o Povo da Bíblia gostava de atribuir valor simbólico aos números. Em parte, também nós brasileiros, gostamos. Por exemplo, o número 13 para alguns significa sorte, lembra o famoso técnico da Seleção Brasileira, Zagalo? Para outros, esse número está ligado ao azar.

O Evangelho de João gosta de dar valor simbólico aos números. Assim, por exemplo, temos os sete sinais realizados por Jesus (transformar a água em vinho, curar o filho do funcionário do rei, curar o paralítico da piscina, o episódio dos pães, caminhar sobre as águas, curar o cego de nascimento e ressuscitar Lázaro). Na Bíblia o número 07 é sinônimo de totalidade. Os 07 sinais de Jesus representam, portanto, toda a sua atividade em favor da vida.

Os evangelhos gostam também de comparações. Por exemplo, o episódio da pesca em Jo 21,1-14. A pesca, nos evangelhos, é sinônimo de missão. Trata-se, portanto, de um texto missionário. Fala das dificuldades que 07 discípulos de Jesus (isto é, todos) encontram na missão. De fato, eles nada apanham durante a noite.

De manhã cedo, Jesus ressuscitado está na praia e ordena aos discípulos que joguem a rede no lado direito da barca. Eles assim o fizeram e apanharam 153 peixes grandes. Ou seja: obedecendo à ordem de Jesus ressuscitado, a missão é bem-sucedida.

Segundo São Jerônimo, cuja memória celebramos no dia 30 de setembro, os zoólogos gregos daquele tempo haviam classificado 153 espécies de peixes. O sentido, então, para a pergunta que fora feita, é este: se a pesca é sinônimo de missão, os peixes representam as pessoas ou os povos que recebem o anúncio missionário. Portanto, sob as ordens de Jesus, a missão dos seus seguidores é plenamente fecunda. Interessante ainda notar que sem a presença de Jesus, a pesca se transforma em fracasso. Com a presença Dele, torna-se bem-sucedida e atinge a todos.

Agora que você está esclarecido de sua dúvida, pegue novamente o texto de Jo 21,1-14 e leia atenciosamente. Obrigado pela oportunidade que me destes de ajudar a outros a crescer na fé e no conhecimento da Palavra.

 

Fonte: José Bortolini

Tire suas dúvidas sobre a Bíblia, Editora Paulus, P. 208.
_____________________________________

 

Quanto de dinheiro cada um deve entregar à igreja como dízimo?

 

Excelente esta pergunta. Vai ajudar também a muitos outros leitores a esclarecer a mesma dúvida.

Em todos os dicionários, a palavra DÍZIMO significa a contribuição equivalente a um décimo do rendimento, ou seja, a décima parte de um todo. É por isso que escutamos a pregação em muitas outras Igrejas afirmando que as pessoas que não entregam 10% de seus rendimentos, não estão entregando o Dízimo e sim, dando apenas uma ajuda para a Igreja.

A nossa Igreja Católica, que acima de tudo é mãe e sabe das necessidades de seus filhos, deixa para os fiéis a responsabilidade sobre os valores que cada um vai devolver ao Senhor. E recomenda que todos entreguem seu dízimo livre vontade. Que tenham consciência de que são responsáveis pela manutenção da Igreja e que a entrega seja permanente porque a Igreja tem despesas que também são permanentes. E a Igreja vai ainda mais longe quando pede que esta entrega seja feita com alegria.

Vejo que, a liberdade que a Igreja nos dá, faz aumentar a nossa responsabilidade como pessoas de fé. Temos que ser justos entregando valores que sejam demonstrativos fiéis do que estamos recebendo de Deus. Ou seja, aquele que tem mais, tem o dever moral de devolver mais. Aquele que tem menos, entrega menos. Aquele que não tem nada, não entrega nada, mas continuará a receber de Deus ...

É preciso que haja justiça, e não medimos a justiça no Dízimo pelos valores que são entregues, mas pelos valores que ficaram com quem fez a entrega. Para sermos justos com nossos dízimos, o melhor é definir um porcentual sobre os rendimentos, e entregar este porcentual todos os meses.

O que eu penso é o seguinte: Na verdade, o que precisamos para vivermos felizes, Deus nos concede de graça. Quando nascemos já estava tudo pronto nos esperando. Então, para que tanto egoísmo ? Para que tanto acúmulo ? Para que tanta inveja ? ...
A Igreja, Templo de Deus, não pode sobreviver dependendo de doações, de ajudas, de esmolas, renda de festas, até impróprias, e ou cobrança de taxas, para exercer suas atividades evangelizadoras...

Uma verdade é inquestionável, e o amigo leitor há de concordar comigo: O que cada um entrega conscientemente de dízimo na Igreja não faz falta para que ele e sua família vivam com dignidade. ´E assim porque Deus prometeu vida em abundância para quem lhe fosse fiel no Dízimo. A oração do dizimista é uma verdadeira escola de fé para quem quer ser fiel a Deus e à Igreja, e o texto bíblico de Malaquias (Mal 3,10) reforça todo o ensinamento da Igreja quanto a importância de ser dizimista. Rezem a oração, leiam o texto e tirem sua conclusões de quanto deve ser seus dízimos.

 

Compartilhe

 

 

 

 

Flag Counter